Domingo, 28 de Novembro de 2021
38°

Poucas nuvens

Santa Luzia - PB

Brasil Auxílios do Governo

Cadastro Único será obrigatório para receber Auxílio Brasil e vale-gás

A promessa da equipe técnica do Governo Federal é pagar parcelas no valor de R$ 400 a partir de janeiro de 2022

27/10/2021 às 08h46
Por: Redação Fonte: FDR
Compartilhe:
Cadastro Único será obrigatório para receber Auxílio Brasil e vale-gás

O Cadastro Único (CadÚnico) é o departamento do Governo Federal que funciona como a porta de entrada para diversos programas e benefícios sociais, seja no âmbito federal, estadual ou municipal.

É o caso do Auxílio Brasil e o vale-gás, as duas novas propostas de transferência de renda que serão viabilizadas para a população também seguindo este padrão.

 

Auxílio Brasil

Em breve o Auxílio Brasil será o mais novo programa de transferência de renda do país. O futuro substituto do tradicional Bolsa Família visa seguir a linha de amparo à população em situação de vulnerabilidade social.

O Governo Federal trabalha incessantemente para lançar o benefício ainda este ano, para que ele já comece a ser pago em novembro. 

Conforme mencionado, no geral, a população que terá direito ao Auxílio Brasil é praticamente a mesma atendida hoje pelo Bolsa Família. Ou seja, cidadãos caracterizados na condição de pobreza e extrema pobreza, com renda mensal per capita de entre R$ 89 e R$ 178. 

A promessa da equipe técnica do Governo Federal é pagar parcelas no valor de R$ 400 a partir de janeiro de 2022. Nos meses de novembro e dezembro de 2021, espera-se liberar a quantia média de R$ 230 por meio de uma espécie de auxílio transitório.

Ao mesmo tempo que ele permitirá o recebimento de algum auxílio financeiro, possibilitará que o atual público que recebe o auxílio emergencial não fique totalmente desamparado. 

O Auxílio Brasil também contará com a ampliação no número de beneficiários, tendo como base as 14,6 milhões de famílias que hoje são contempladas pelo Bolsa Família.

Desta forma, haverá a inclusão de 2,4 milhões de famílias, totalizando em 17 milhões de beneficiários no novo modelo de programa. Lembrando que todos devem estar devidamente inseridos no Cadastro Único, por onde será feita a seleção de cidadãos elegíveis. 

Mas não para por aí, o Governo Federal irá incrementar o Auxílio Brasil com outros benefícios complementares, que serão concedidos de acordo com o perfil de cada beneficiário podendo ser cumulativo. São eles: 

  • Benefício Primeira Infância: será direcionado a famílias que em sua composição possuem crianças de zero a 36 meses incompletos.
  • Benefício Composição Familiar: é voltado a jovens com idade entre 18 a 21 anos incompletos, com o intuito de incentivar este grupo a continuar os estudos e concluir, pelo menos, um nível de escolaridade formal.
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: se mesmo após adquirir o direito aos benefícios mencionados acima, a família não superar a condição de extrema pobreza, ela poderá receber um outro auxílio financeiro de acordo com a composição familiar.
  • Auxílio Esporte Escolar: voltado a adolescentes na faixa etária de 12 a 17 anos integrantes de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil e que se destacam em competições oficiais do sistema de jogos escolares realizados por todo o Brasil. 
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: paga a estudantes que tiverem um bom desempenho em competições acadêmicas e científicas. Será disponibilizada em 12 parcelas mensais sem limite de beneficiários por família. 
  • Auxílio Criança Cidadã: será disponibilizado para os pais ou responsáveis de crianças de zero a 48 meses com fonte de renda, mas que não encontrou vaga em creches públicas ou privadas da rede conveniada. 
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: pago a beneficiários do Auxílio Brasil que comprovarem vínculo empregatício formal. 
  • Benefício Compensatório de Transição: destinado a famílias que recebiam o Bolsa Família, mas que perderam uma parte do benefício em virtude da transferência de cadastro para o Auxílio Brasil. Será disponibilizado somente durante o prazo de implementação do novo programa.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias