Quarta, 04 de Agosto de 2021
83 9.93126892
Saúde Alerta

Paraíba não pode pensar em festejos juninos afirma Secretário de Saúde Geraldo Medeiros

Decret Estadual será publicado nesta quinta-feira

16/06/2021 17h37
165
Por: Redação Fonte: Polemica PB
Paraíba não pode pensar em festejos juninos afirma Secretário de Saúde Geraldo Medeiros

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, afirmou que se reunirá na tarde desta quarta-feira (16) com o governador João Azevêdo (Cidadania) e a equipe técnica do Estado para definir o próximo decreto estadual de medidas contra a Covid-19, que será divulgado nesta quinta-feira (17). Em entrevista ao Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan, Medeiros também demonstrou preocupação com os festejos juninos e com a nova variante do coronavírus identificada na Paraíba.

Geraldo disse que a reunião deverá ocorrer na tarde de hoje com os demais secretários e o governador, para analisar dados como a classificação de bandeiras do Plano Novo Normal, o índice de transmissibilidade da Covid-19 nas cidades e no Estado e demais indicadores.

Segundo o secretário, a Paraíba apresenta uma média móvel de 2.019 casos e 35 óbitos por dia nos últimos 14 dias, o que considerou como “momento crucial” da pandemia neste ano. O secretário afirmou também que a identificação na Paraíba da linhagem Alpha do coronavírus, oriunda do Reino Unido, também será levado em consideração no momento de definição de medidas. Geraldo, no entanto, não quis antecipar qualquer decisão, apenas que o decreto estadual será divulgado nesta quinta-feira.

Medeiros confirmou também que a equipe do governo estadual está discutindo com a equipe da prefeitura municipal de João Pessoa, assim como o governador João Azevêdo também tem trocado opiniões com o prefeito da Capital, Cícero Lucena (PP), acerca dos decretos estadual e municipal.

Festejos juninos

Geraldo pregou preocupação com os festejos juninos. Segundo o secretário, o momento é de resguardo, sem promover festas e aglomeração, pois, caso contrário, a Paraíba poderá entrar em um “cenário de colapso” da rede hospitalar em julho, semelhante ao que ocorreu em março de 2021.

“Uma recomendação geral para o cidadão e cidadã paraibana é de que diante dessa situação atual do estado, nós não podemos pensar em festa, pensar em beber, reunir amigos e familiares em qualquer ambiente. Este é o momento de tomarmos decisões de ficar em casa sempre que possível e respeitar todos os meios de prevenção”, recomendou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias