Sexta, 18 de Junho de 2021
83 9.93126892
Brasil Coluna

Quando você se sabota, corre da dor, mas abandona a felicidade

Nova coluna de Ronaldo Magella

05/06/2021 10h24
98
Por: Ronaldo Magella
Quando você se sabota, corre da dor, mas abandona a felicidade

Quando você se sabota, corre da dor, mas abandona a felicidade

 

Ronaldo Magella

 Uma amiga me diz todo dia, não consigo me relacionar com ninguém, sou complicada, eu me saboto, saboto a relação, não suporto, corro, desisto, penso mil coisas, que não vai dar certo, acontecer, me prendo, me culpo, desisto.

 Amiga, você antecipa o sofrimento, sua ansiedade por paz causa solidão, você sofre duas vezes, por pensar demais, por desistir, por se abandonar.

 Ninguém gosta de sofrer, sofrimento afeta a alma, machuca o coração, mas não dar para você viver correndo da dor, abandonando sempre a felicidade.

 Uma hora você terá que pagar o preço, viver a realidade, suportar seus medos, encarar a sua insegurança, viver a vida.

 Toda ferida um dia cura, toda dor um dia passa, a gente amadurece com as experiências, não com a idade, é o fracasso que torna a vida real, não o sucesso, é só no fim que a gente entende o caminho, nunca no início.

 Não dá pra viver fugindo sempre, um dia, cedo ou tarde, a gente precisa se olhar no espelho, precisa respirar fundo e arriscar voltar a viver, pagar a conta.  

 Você não pode viver olhando para o passado, sabotando o presente e riscando o futuro, a graça da coisa, da vida, é o inusitado, tudo pode mudar, acontecer, nada nunca será do mesmo jeito, modo, nem você será mesma sempre.

 Não se jogue fora, não se abandone, não se despreze, deixe a vida acontecer, floresça, desabroche, o que não nos mata, nos fortalece, deixe-se amar, querer, ser, aconteça para você e não para os outros.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias