Quinta, 06 de Maio de 2021
83 9.93126892
Cidades Fiscalização PROCON

Procon notifica escolas de JP por descumprirem medidas contra Covid-19

Uma escola foi autuada por permitir turmas do Ensino Médio em turno proibido.

24/04/2021 10h05
101
Por: Redação Fonte: Jornal da Paraiba
Procon notifica escolas de JP por descumprirem medidas contra Covid-19

O Procon da Paraíba fiscalizou escolas particulares de João Pessoa que estão tendo aulas presenciais, para verificar o cumprimento das medidas de distanciamento social. Ao todo, onze escolas foram fiscalizadas e uma autuada por permitir, no turno da manhã, aulas presenciais para turmas do Ensino Médio.

A fiscalização faz parte da Operação Previna-se, e aconteceu entre os últimos dias 20 e 22 de abril. Segundo o Procon-PB, seis escolas não estavam cumprindo determinações como a manutenção da distância de 1,5 metros entre os alunos nas salas de aula. Os responsáveis pelos locais foram orientados a se adequarem imediatamente.

Além das escolas, o Procon intensificou a fiscalização em empresas de transportes coletivos de da Grande João Pessoa e em pontos de ônibus, como do situado no Parque da Lagoa, na Integração e nas próprias garagens.

Segundo o Procon-PB, foram observadas aglomeração de pessoas nas vias públicas e na hora de fazer o embarque e o desembarque, o distanciamento social não estava sendo respeitado.

Linhas de ônibus com destino a Alhandra, Santa Rita, Tibiri, Conde e Bayeux estavam sem proteção para o motorista. Na terça (20), três autos de constatação foram lavrados para a empresas Transnacional, Santa Maria e Reunidas.

Outros estabelecimentos, como lanchonetes e bares em Bayeux também foram fiscalizados pelo Procon. Houve dispersão de aglomerações no centro da cidade, e os proprietários das lojas foram orientados a cumprirem os decretos.

A população pode denunciar aglomerações ao Procon através do WhatsApp (83) 98618-8330 ou Disque 151.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias