Quinta, 06 de Maio de 2021
83 9.93126892
Polícia Cara de PAU

Delegada e escrivão são presos acusados de extorquir policial federal

A Operação Cara de Pau foi deflagrada pelo Núcleo de controle da atividade policial ( NCAP), em conjunção de esforços com o GAECO, do Ministério Público da Paraíba.

22/04/2021 18h25 Atualizada há 2 semanas
197
Por: Redação Fonte: Click PB
Delegada e escrivão são presos acusados de extorquir policial federal

Uma delegada e um escrivão da Polícia Civil da Paraíba foram presos nesta quinta-feira (22) acusados da prática do crime de concussão, que consiste na exigência de vantagens indevidas pelo agente público. A delegada alvo do mandado de prisão foi Maria Solidade de Sousa. Segundo a investigação, a delegada estava tentando extorquir um agente da Polícia Rodoviária Federal.

Maria Solidade foi alvo de um mandado de prisão preventiva.

Durante a deflagração da operação, também foi apreendida uma quantia em dinheiro, que ainda não teve o valor total divulgado, foram determinados dois mandados de prisão e três de busca e apreensão. 

A Operação Cara de Pau foi deflagrada pelo Núcleo de controle da atividade policial ( NCAP), em conjunção de esforços com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público da Paraíba.

No ano de 2016, a mesma delegada já havia sido alvo de investigações. Naquela época, Maria Solidade de Sousa foi acusada de desviar valores provenientes do pagamento de fianças.

Uma câmera escondida flagrou o momento em que a delegada Maria Solidade e um escrivão receberam R$ 2.500 de extorsão para amenizar a situação de um policial rodoviário federal em um inquérito da Polícia Civil da Paraíba

Confira nota expedida pelos agentes de investigação:

NOTA 

O Núcleo de controle da atividade policial ( NCAP), em conjunção de esforços com  Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado - GAECO -, do Ministério Público da Paraíba, desencadeou no dia de hoje a operação Cara de Pau, com a finalidade de cumprir dois mandados de prisão e três de busca e apreensão, em face de uma delegada de polícia civil do Estado da Paraíba e seu escrivão, pela prática de concussão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias