Terça, 13 de Abril de 2021
83 9.93126892
Cidades Coluna

Pessoas intensas não dormem, acorde pra vida

Nova coluna de Ronaldo Magella

05/04/2021 22h04 Atualizada há 1 semana
99
Por: Ronaldo Magella
Pessoas intensas não dormem, acorde pra vida

Pessoas intensas não dormem

 

Ronaldo Magella

 

Demora pra você entender o quanto é bom viver, viver só aprende vivendo.

 

Uma amiga me pede o tema, falar sobre intensidades, de saída digo que ser intenso não é ser carente.

 

 Gente intensa vive, gente carente sufoca.

 

 Cazuza era intenso, tinha vontade de viver, ariano, como ele dizia, “Sou ariano. E ariano não pede licença, entra, arromba a porta’. Cazuza viveu intensamente, sem medo de se mostrar, de mostrar, de viver, como ele dizia, eu sou da turma do abraço.

 

 A vida é experiência, provar o saber da existência, deixar a acontecer, tem gente que existe e tem gente que vive.

 

 Saber viver, aproveitar, deixar ser, se permitir ir, o tempo passa muito rápido, e você por medo ou por preguiça não sabe ou não quer viver.

 

Sai da toca, deixa o sol te pegar, olha as estrelas, tome um sorvete, como cantou Belchior, “tome um refringente, coma uma cachorro quente, sim, já é outra viagem, e o meu coração selvagem tem essa pressa viver”.

 

 Viver exige pressa, quem reclama perde o tempo, o chato perde a vida, o preguiçoso as oportunidades.

 

 Aos intensos nada é ruim, tudo é vida, Raul Seixas sabia, por isso cantou, “se eu quero e você quer, tomar banho de chapéu, ou esperar Papai Noel, ou discutir Carlos Gardel, então vá”, sabia o Maluco Beleza que a vida foi feita pra viver.

 

 Pessoas intensas dormem, depois da vida vivida, alegria é dormir de cansado depois um dia intenso, como disse Fabrício Carpinejar, dia cheio de pessoas, trabalho, risos, histórias, experiências,  e vida, e a sensação de que vale a pena cada segundo.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias