Segunda, 01 de Março de 2021
83 9.93126892
Saúde Pacientes de Manaus

Pacientes de Manaus são internados no HU em João Pessoa

Eles serão atendidos por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas e psicólogos.

18/01/2021 06h41
688
Por: Redação Fonte: Mais PB
Pacientes de Manaus são internados no HU em João Pessoa

Os 15 pacientes da cidade de Manaus, no Amazonas, diagnosticados com Covid-19 chegaram à João Pessoa na noite desse domingo (17) e foram internados em uma ala isolada do quarto andar do Hospital Universitário Lauro Wanderley.

Eles serão atendidos por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas e psicólogos.

O superintendente do HU, Marcelo Tissiani, explicou que a média de idade dos pacientes é 50 anos. Questionados sobre riscos de disseminação de uma nova cepa do coronavírus, Tissiani explicou que os cuidados serão os mesmos adotados na primeira onda da doença. 

“Temos que ter um olhar humanitário para situação. Independente de ser uma mutação, a vida fala mais alto”, avaliou.

Todos os pacientes chegaram à Paraíba sem acompanhante. A comunicação com os familiares será feita através da internet. “Isso faz com que o tratamento ocorra de forma mais tranquila e possa amenizar o estresse emocional”, disse.

Por sua vez, o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, considerou uma atitude humanitária e de solidariedade e que a Paraíba não poderia se furtar diante de uma crise na saúde. “São pacientes com quadros moderados que devem evoluir, a maioria deles, em uma semana com uma regressão do quadro”, disse.

Não há confirmação de envio de pacientes de Manaus para outros municípios da Paraíba, porém, Medeiros ressaltou que há leitos disponíveis no Hospital Universitário Alcides Carneiros, em Campina Grande.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias