Terça, 19 de Janeiro de 2021
83 9.93126892
Brasil Eficácia da vacina

Vacina do Butantan: eficácia é de 78% em casos leves e 100% em graves

O Plano de Imunização estadual de São Paulo prevê o início da imunização para 25 de janeiro.

07/01/2021 14h46 Atualizada há 2 semanas
43
Por: Sidney Silva
Vacina do Butantan: eficácia é de 78% em casos leves e 100% em graves

A Coronavac tem taxa de eficácia de 78% em casos leves e de 100% em casos graves e moderados, anunciou o governo paulista nesta quinta-feira (7). 

Os dados completos foram anunciados em entrevista coletiva no início desta tarde. 

A taxa mínima recomendada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é de 50%. Esses dados foram apresentados para a agência em reunião nesta manhã e o governo deve solicitar o uso emergencial do imunizante entre hoje e amanhã (8).

O pedido de registro permanente não será feito neste momento, como havia se proposto anteriormente. De acordo com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, essa solicitação só poderia ser feito junto da Sinovac. 

"A expectativa é que logo que tenhamos a formalização da documentação, que possa ser oficializado o pedido.

Não estamos fazendo o pedido de registro, porque tem que ser feito junto com a Sinovac. Estamos utilizando o mecanismo criado pela Anvisa para trazer a vacina a uso o mais rapidamente possível", afirmou.

O Plano de Imunização estadual de São Paulo prevê o início da imunização para 25 de janeiro.

O governador João Doria (PSDB) aproveitou a fala de Dimas Covas para pedir à agência reguladora que mantenha sua autonomia e não ceda a pressões para desacelerar o processo. 

"Que em nenhum momento [a agência] pense em atender a qualquer tipo de pressão ideológica ou de qualquer tipo para prejudicar a velocidade imperativa de oferecer a essa vacina a oportunidade de salvar vidas", declarou. 

O estado espera que 9 milhões de pessoas sejam imunizadas nessa primeira etapa, com a aplicação de 18 milhões de doses até o fim de março.

A prioridade será para profissionais de saúde, pessoas com 60 anos ou mais, grupos indígenas e quilombolas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias