Sábado, 16 de Janeiro de 2021
83 9.93126892
Brasil Salário mínimo

Governo divulga novo valor do salário mínimo

O aumento será de apenas 20 reais

23/11/2020 07h53
343
Por: Redação
Governo divulga novo valor do salário mínimo

Governo anuncia novo valor do salário mínimo. Nessa terça-feira (17), a equipe econômica informou que o piso nacional deverá ser reajustado para R$ 1.087,84. A quantia é R$ 21 mais alta que a primeira projeção de R$ 1.067. Para que o número seja validado, será necessária ainda a publicação da Lei Orçamentária de 2021. Entenda os impactos da mudança para o INSS e demais benefícios.

Anualmente o salário mínimo é reajustado de acordo com a média da inflação. Para 2021, tendo em vista a crise do novo coronavírus, a quantia ficará até 5 vezes menor que o necessário de acordo com as atualizações do INPC. Sendo fechado em 4,1%, o índice registra um aumento histórico.

Ciente de que o valor do piso nacional afeta diretamente os cofres públicos, o governo federal informou que não fará um aumento real na base.

A quantia de quase R$ 1.088 será ofertada a partir do mês de janeiro, levando em consideração os rombos das contas públicas com o pagamento do auxílio emergencial, explicou a equipe econômica.

Espera-se ainda que o valor seja contestado por representantes da sociedade civil e demais setores, tendo em vista que há uma crise em grande escala afetando todo o país.

Somente para compra da cesta básica, o brasileiro está precisando desembolsar mais de R$ 550, a se considerar as variações e acréscimos absurdos nos produtos.

Não haverá política de definição

Até o momento o governo não apresentou uma justificativa real para o cálculo do novo piso nacional. A previsão é de que o reajuste se dê mediante as leis de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e do Orçamento Anual (LOA), que até o momento não foram validadas no Congresso.

Esse cenário significa então de que o reajuste não deverá apresentar um aumento real no bolso de cada cidadão. Isso porque a politica de valorização do salário mínimo já não está mais em vigor desde o ano de 2019, com a chegada do governo Bolsonaro.

Quando assumiu a presidência, ele e sua equipe afirmaram que estariam fazendo os reajustes apenas mediante as taxas da inflação, sem que a população pudesse sentir um reembolso real quanto aos serviços prestados.

Anteriormente a essa avaliação, o piso nacional era modificado e acrescentado a partir das mudanças do Produto Interno Bruto (PIB) registrada dois anos antes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias