ONDA NET
Aumento

Sertão da Paraíba tem quase 70% dos leitos de UTI para Covid-19 ocupados

Até o momento, 433.723 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

12/11/2020 08h00Atualizado há 3 semanas
Por: Sidney Silva
Fonte: Mais PB com SES PB
86

Nesta quarta-feira (11) a Paraíba registrou 608 novos casos de Covid-19 e 12 óbitos confirmados desde a última atualização, 09 deles nas últimas 24h. Até o momento, 136.637 pessoas já contraíram a doença, 111.329 já se recuperaram e 3.178, infelizmente, faleceram. Até o momento, 433.723 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 37%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 41%. Em Campina Grande estão ocupados 18% dos leitos de UTI adulto e no sertão 68% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 608, nos quais 10 municípios concentram 420 casos, o que representa 69,07% dos casos em toda a Paraíba. São eles:

João Pessoa, com 218 novos casos, totalizando 33.894; Campina Grande, com 40 casos novos, totalizando 13.919; Patos, com 35 novos casos, totalizando 5.040; Cabedelo, com 24 novos casos, totalizando 3.411; Rio Tinto, com 21 novos casos, totalizando 1.296; Sousa, com 21 novos casos, totalizando 2.499; Guarabira, com 19 novos casos, totalizando 4.716; Catolé do Rocha, com 16 novos casos, totalizando 798; Boqueirão, com 13 novos casos, totalizando 658; Itapororoca, com 13 novos casos, totalizando 983;

Continuar Cuidando: Até o dia 10/11 foram entrevistados e testados 2.334 paraibanos, em residências distribuídas por 56 cidades.

Até hoje, 176 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 12 óbitos registrados nesta quarta ocorreram em residentes de 07 municípios, entre 29 de outubro e 11 de novembro, 10 deles ocorridos nas últimas 48 horas. Os pacientes tinham idade entre 31 e 91 anos.

Diabetes e cardiopatia foram a comorbidades mais frequentes. Dos locais, 03 ocorreram em hospitais privados e os demais em hospitais públicos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.