ONDA NET
Feminicídio

Suspeito de matar ex-namorada foi atropelado por companheiro da vítima antes de ser preso

Arthur teria tentado fugir após o crime em Boqueirão, na Paraíba, e namorado de Viviane jogou o carro contra ele. Suspeito foi preso em flagrante, mas se diz inocente.

20/10/2020 22h51
Por: Redação
Fonte: G1 PB
283

Arthur Lima Aires, suspeito de matar a ex-namorada com um tiro na cabeça, em Boqueirão, PB — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Arthur Lima Aires, suspeito de matar a ex-namorada em Boqueirão, na Paraíba, na noite desta segunda-feira (19), foi atropelado pelo namorado da vítima antes de ser preso, de acordo com a Polícia Civil. Após o crime, o outro rapaz jogou o carro contra Arthur, para impedi-lo de fugir, segundo o delegado Ilamilton Simplício.

O ato, até agora, é considerado como legítima defesa, já que foi a forma que o rapaz encontrou para impedir que Arthur fugisse, de acordo com o delegado. Arthur foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande para receber atendimento e, em seguida, levado para a delegacia, onde foi autuado por feminicídio.

Segundo o delegado Ilamilton Simplício, Arthur disse em depoimento que é inocente, e que o namorado de Viviane Alves Faria teria atirado acidentalmente contra ela.

Ainda de acordo com informações do delegado, Arthur e o namorado da vítima entraram em luta corporal, após Arthur encontrar Viviane com o mesmo. Durante a briga, Arthur alega que o outro jovem teria atirado acidentalmente em Viviane, que tentava apartar os dois.

De acordo com a Polícia Civil, as informações iniciais do momento do crime são de que o suspeito teria chegado armado à rua Amaro Antônio Barbosa. No depoimento prestado após ser preso, Arthur também disse que a arma não era dele.

A arma do crime ainda não foi encontrada e as investigações continuam. Os familiares da vítima ainda serão ouvidos, segundo o delegado.

A polícia também irá solicitar imagens de câmeras de segurança e o acesso ao celular de Viviane, para analisar se a jovem era ameaçada por Arthur Lima Aires. Até o momento, de acordo com o delegado Ilamilton Simplício, não há informações de que o jovem era violento.

Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com tiro na cabeça, em Boqueirão, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com tiro na cabeça, em Boqueirão, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.