ONDA NET
Pedido de Impugnação

Ministério Público Eleitoral pede a impugnação da candidatura de Pedro Barbosa

Segundo o MPE o candidato possui uma farta

29/09/2020 08h07Atualizado há 2 meses
Por: Redação
705

O Ministério Público Eleitoral entrou com uma ação de impugnação de registro de candidatura contra Pedro Barbosa de Andrade, candidato a Prefeitura de São Mamede (PB) pelo PP

O promotor José Carlos Patrício é quem assina a ação e sustenta que Pedro encontra-se inelegível. É farta a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral que considera irregularidades em processo licitatório como insanáveis. A título de exemplo, cito o AgR-REspe nº 127092/RO – PSS 15/09/2010, no qual consta claramente que o descumprimento da Lei de Licitação é irregularidade insanável.

É de se observar que o Acórdão explicitado reconhece, além disso, que houve dano a ser ressarcido ao erário, fato que, por si só, é gravíssimo.

Deve ser observado que o processo transitou em julgado no âmbito em administrativo no dia 10/03/2017 (documento anexo), tornando o postulante inelegível até o ano de 2025. Além disso, esse julgamento não é passível de apreciação por parte da Câmara de Vereadores, tendo em vista que se trata de verbas oriunda da União, fato esse pacífico na jurisprudência.

Segundo a ação no MPE, ficou demonstrado, de forma cristalina, que o postulante é inelegível, nos termos do art. 1º, I, “g” da Lei Complementar nº 64/90, com redação da dada pela Lei Complementar 135/2010.

Clique aqui e acesse o documento

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.