ONDA NET
Auxílio Emergencial

Somente um grupo vai receber as quatro parcelas do auxílio de R$ 300

Programa criado pelo governo chega ao fim em dezembro de 2020 para todos os beneficiários

10/09/2020 22h02Atualizado há 2 semanas
Por: Sidney Silva
352

Neste semana, o governo de Jair Bolsonaro anunciou oficialmente uma nova prorrogação para o auxílio emergencial. Dessa vez, serão pagas mais quatro parcelas de R$ 300.

Entretanto, o programa chega ao fim em dezembro de 2020 para todos os beneficiários.  Isso significa que nem todos terão a oportunidade de receber as quatro parcelas de R$ 300 da nova prorrogação.

As quatro novas parcelas serão recebidas apenas por quem recebeu a primeira parcela de R$ 600 em abril. Para os demais grupos, menos parcelas serão pagas.

Quem começou a receber o auxílio em julho, por exemplo, receberá apenas uma parcela de R$ 300 em dezembro. 

“Serão pagas até quatro parcelas do novo valor. Contudo, o benefício acaba em dezembro deste ano, ou seja, quem começou a receber o Auxílio Emergencial em abril terá direito às quatro parcelas.

Quem passou a receber a partir de julho, por exemplo, terá direito a apenas uma parcela do novo benefício, que será paga no mês de dezembro”, disse o Ministério da Cidadania.

  O governo também criou novos critérios para que as quatro novas parcelas sejam pagas para um número menor de brasileiros.

Para as novas quatro parcelas, por exemplo, será levado em conta o Imposto de Renda de 2019. Inicialmente, era considerado o IR de 2018. Além disso, mães chefes de família poderão receber a cota em dobro, mas deverão ser as únicas da família recebendo o auxílio.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.