ONDA NET
1º Lugar

Estudante da Escola Sandoval Rubens de Figueiredo vence "I Concurso de Poesia Flor de Várzea"

Premiação será no próximo dia 24

10/08/2020 15h49
Por: Otoniel Júnior
255

O estudante Enzo Frantiny, do 6º B, da Sandoval Rubens de Figueiredo, escola da Rede Municipal de Ensino, conquistou o primeiro lugar do I Concurso Cultural de Poesia Flor de Várzea, com o poema "O Melhor João Pedro do Mundo". O anúncio foi feito nesta segunda-feira, dia 10 de agosto, pela Secretaria Municipal de Cultura de Várzea, que promoveu o evento em parceria com a Secretaria de Educação.

A obra do jovem de apenas 11 anos de idade foi escolhida por uma comissão julgadora, composta por três professoras com comprovada vinculação com a área literária. O estudante será premiado com um aparelho eletrônico que o auxiliará nos estudos no próximo dia 24, em Sessão na Câmara Municipal.

"Diante da Pandemia da Covid-19, que por consequência não permitiu a realização do nosso João Pedro da forma tradicional, resolvemos elaborar o projeto João Pedro Literário, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, com o objetivo de incentivar a produção de obras poéticas no município, assim como estimular ações que promovessem a cultura local. Agradecemos de coração aos alunos pela participação; aos pais que nos ajudaram nesta ideia; à diretora da Escola Sandoval Rubens e às professoras que corrigiram as poesias; à Prefeitura Municipal pelo apoio incondicional; à Secretaria de Educação, em nome do secretário José Amilton e da sua adjunta Renatinha, pela parceria; enfim, a todos que colaboraram para que o concurso fosse colocado em prática", destacou Otoniel Junior, secretário municipal de Cultura.

O poema premiado:

O MELHOR JOÃO PEDRO DO MUNDO 
O mês de junho chegou
Onde as festas decolam
Tem quadrilha, tem forró
Em Várzea, em toda esquina
Ali em João Balbina
Na praça em minha cidade
Era um forró de verdade
Onde o povo dançava demais
A festa dos arraiás
Esse ano deixou saudade
Estou triste de verdade
Porque não teve João Pedro
Várzea toda teve medo
Por conta da Pandemia
O mês que traz alegria
Para toda a nossa cidade
O João Pedro na verdade
Esse ano foi assim
Carlinhos fez a festinha
Em cima de um carro de som
Fizeram um fonronfonfom
Percorrendo as avenidas
Com uma simplicidade
Como o povo daqui são
Agradeci a gestão
Não deixar passar em branco
E nem que seja no tranco
Manteve essa tradição!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.