ONDA NET
Decisão do TCE

TCE manda prefeitura de Santa Luzia adotar medidas com gastos de alimentação em Hotel

No acórdão o TCE julgou improcedente a denuncia do vereador Rodrigo

01/08/2020 08h59Atualizado há 2 semanas
Por: Sidney Silva
415

Nesta semana, o TCE entendeu que os gastos com alimentação da família do Prefeito de Santa Luzia no hotel de Santa Luzia, são legais e e decidiu como improcedente a denuncia do vereador Rodrigo Morais.

No acórdão do processo de n. 09821/20, o TCE acatou a defesa do prefeito Zezé em relação as alimentações  de integrantes do comitê intersetorial de combate a Covid - 19, três deles, são familiares do prefeito, a esposa e dois sobrinhos  porém recomendou que a prefeitura aprimorasse o controle dos gastos públicos, como também afirmou que irá acompanhar de perto os gastos com o hotel de Santa Luzia, já que a auditoria atesta que não há justificativa para se gastar tanto dinheiro em um hotel de uma cidade com pouco mais de 15.000 habitantes.

O vereador Rodrigo comemorou o resultado e disse: "apesar de improcedente a denúncia", o prefeito deve ter mais cuidado e zelo com o dinheiro público. Terá mais cautela ao gastar em alimentação para sua própria família que pertence a um comitê intersetorial de combate ao Coronavírus.

O Vereador Rodrigo disse que não pretende prejudicar administração e que seu papel é de fiscalizar o gasto do dinheiro público.

"Não quero prejudicar o prefeito. Quero apenas que ele passe a adotar medidas mais eficientes de controle, como bem citou o TCE no acórdão".

No acórdão, o TCE julga improcedente a denúncia do Vereador, mas faz uma série de recomendações ao prefeito Zezé.

CLIQUE AQUI PRA VER A DECISÃO

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.