ONDA NET
Aulas a distancia

Conselho Superior aprova atividades de ensino não-presenciais para o IFPB

A regulamentação das fases de implementação também foi aprovada

28/07/2020 17h02
Por: Sidney Silva
Fonte: IFPB
115

 Conselho Superior do Instituto Federal da Paraíba realizou sua 27ª reunião extraordinária, por videoconferência, nessa segunda, 27 de julho. Em sua pauta, constava a apreciação de minutas que tratam das Atividades de Ensino Não-Presenciais (ANPs) que foram aprovadas. A adaptação dos cursos presenciais para aulas e ações didáticas de modo remoto é uma alternativa do ensino no período da pandemia.

O Consuper apreciou dois processos distintos. Um tratando da análise de minuta que regulamenta os procedimentos para o desenvolvimento e registro de Atividades de Ensino Não Presenciais, durante o período de suspensão das atividades presenciais no âmbito do IFPB. O outro direcionado para regulamentar as fases de implementação gradual das atividades não presenciais e presenciais do IFPB, ambos tendo Manoel Pereira de Macedo Neto como relator. Os dois foram aprovados por ampla maioria.

A reunião começou com saudação e informes do presidente do Consuper, reitor Nicácio Lopes, e foi concedida a palavra aos convidados do Sintef-PB, Zuila Costa e Adolfo Wagner. Zuila, em sua explanação, leu uma carta aberta solicitando aos conselheiros a rejeição ou suspensão da tramitação das minutas que tratam das Atividades Não-Presenciais do IFPB. Ela saudou a publicação dos editais do auxílio inclusão digital para estudantes como pré-condição para as ANPs.

Inicialmente, o reitor do IFCE, Virgílio Araripe, como representante do Mec, e o secretário de Educação da Paraíba, Claudio Furtado, representando o Governo do Estado, saudaram os membros do Conselho, com destaque para os estudantes e comunidade externa, além dos professores e técnicos. A primeira atividade do Consuper foi a aprovação da ata da 42ª reunião ordinária realizada em 18 de junho.

Em seguida, os relatores expuseram seus processos para apreciação e votação dos conselheiros. Foram aprovados por unanimidade os processos relativos a Alteração do PPC do Curso de Educação Física do Campus Sousa, que teve como relator Wilson Luiz dos Santos Filho; o PPC do Curso Técnico em Informática Concomitante, do Programa Mediotec, do Campus Guarabira, cujo relator foi o diretor Valnyr Lira; a Resolução SISU 2020/1, com relatoria de Rômulo de Oliveira Lins Vieira de Melo; Colação de Grau Virtual, em caráter excepcional, com relatoria do professor Sabiniano Araújo Rodrigues.

Francisco das Chagas Figueiredo solicitou a suspensão do processo que trata das minutas das ANPs com base no pedido do Sindicato. O presidente do Consuper fez uso da palavra para esclarecer a respeito do processo de elaboração da pauta. O reitor declarou que o IFPB não aprovará o retorno das atividades presenciais enquanto tiver vidas ameaçadas e por isso a adaptação para o ensino remoto é a solução momentânea.

“As minutas nasceram a partir de amplas discussões muito antes de serem inseridas no portal. O plano está estruturado de modo flexível e com retroalimentação para avaliações. Eu convidei os colegas do Sindicato para participar dessas avaliações em uma reunião de sete horas em que estivemos juntos. A mesa solicita que não adotemos medidas protelatórias”, ressaltou o reitor, lembrando que são 160 dias com atividades acadêmicas suspensas.

Após falas do professor Wesley Crispim, do Campus Sousa; reitor Virgilio Araripe; Francisco das Chagas; Sergio Gouveia Martins, do Faepa, Senar; Zoraida Arruda, do campus Mangabeira, Erismarcos Silva, e inclusive do Sindicato, com o docente Adolfo Wagner, após exceção aberta no regimento, os conselheiros colocaram em votação os processos das minutas. Os dois processos relativos a ANPs foram aprovados, um com apenas um voto contrário e o outro com uma abstenção, apenas

Os conselheiros aprovaram a manutenção da pauta com a apreciação das minutas, com exceção de Francisco das Chagas, que também expôs seu ponto de vista discordante, em áudio. Em seguida, o relator Manoel Macedo, abordou os procedimentos para o desenvolvimento e registro de Atividades de Ensino Não Presenciais, no período de suspensão das atividades presenciais no IFPB.

Existe uma previsão para o in´cio das aulas à distância a partir do início de Agosto de 2020

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.