ONDA NET
Infectados

536 médicos já foram infectados pelo novo coronavírus na Paraíba

número cresceu 34% em menos de um mês

23/07/2020 14h56
Por: Sidney Silva
Fonte: Click PB
114

O número de médicos infectados pelo novo coronavírus na Paraíba cresceu 34% entre os dias 24 de junho e 22 de julho, saltando de 399 para 536 em menos de um mês, conforme dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES). A quantidade de profissionais de saúde notificados com a Covid-19 também cresceu de 3.070 para 4.869, no mesmo período, um aumento de mais de 58%. Entre os profissionais de saúde, além dos médicos, estão dentistas, fisioterapeutas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, além de agentes comunitários de saúde, condutores de ambulância e recepcionistas.

“Os médicos, assim como os demais profissionais de saúde estão mais expostos à contaminação pelo novo coronavírus. Infelizmente, sabemos que estes números podem ser ainda maiores, por conta de falhas nas notificações. Quanto mais médicos infectados, menos profissionais teremos para enfrentar essa batalha”, afirmou o presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), Roberto Magliano de Morais. Ele ainda lamentou o falecimento de mais uma médica vítima da Covid-19 na Paraíba, nesta quinta-feira (23), a pediatra Ana Lucia Freire Cantalice.

Desde o final de março, através de uma plataforma de denúncias online sobre as falhas na infraestrutura de trabalho, o CRM-PB vem recebendo queixas de médicos sobre problemas no processo de triagem, falta de Equipamentos Individuais de Proteção (EPIs), insumos, exames e medicamentos, material para higienização e recursos humanos.

Para verificar estas denúncias e aumentar a segurança dos profissionais de saúde em seus locais de trabalho, o CRM-PB, através da campanha Médicos Contra o Coronavírus, tem visitado hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) no Estado. Mais de 40 municípios já foram visitados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.