art viva2
art viva 1
ONDA NET
Paraíba

Deputado propõe congelamento de juros e multas cobradas pelos bancos durante a crise do Coronavírus

O deputado estadual Anísio Maia (PT) defende congelamento dos encargos financeiros

24/03/2020 12h08
Por: Ronaldo Magella
61

O deputado estadual Anísio Maia (PT) defende congelamento dos encargos financeiros impostos pelos bancos a seus correntistas. Ele  observou que, mesmo com agências fechadas, as instituições bancárias  seguem computando multas e juros, ampliando o rombo financeiro dos  brasileiros em meio a crise provocada pela pandemia do Coronavirus.

Veja abaixo a integra da defesa feita por Anísio Maia:

 _Como solução para superação da crise atual, já foram aprovadas medidas para adiar cobranças de serviços de água e energia, impostos federais e estaduais, até parcelas de dívidas para com o tesouro nacional já foram adiadas. Mas até agora o sistema bancário continua intocável.

Todos estão pagando e sofrendo os efeitos desta crise, menos os Bancos. Os encargos dos financiamentos bancários continuam infernizando a vida dos brasileiros. As agência podem até fechar, mas as multas e juros em cascata continuam sendo computados automaticamente para engordar os ativos dos banqueiros.

Como podemos cobrar que a população fique em casa se a maioria dos brasileiros tem que correr para saldar dívidas frente ao sistema financeiro? Cabe agora ao Governo Federal cobrar dos bancos a sua contribuição diante desta gravíssima crise.

Isto só pode ser efetivado aprovando um congelamento de cobranças bancárias por - no mínimo - 90 dias, para aliviar a situação econômica de milhões de brasileiros endividados.

Para um setor que lucrou mais de 100 bilhões no ano passado, isto representaria apenas uma pequena parcela dos astronômicos juros cobrados dos brasileiros._

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.