ONDA NET
Alto índice

Em 12 horas, João Pessoa registra mais chuva do que em todo o mês de janeiro

Segundo a Aesa, foram 40 milímetros entre a madrugada e a manhã de quinta (13).

13/02/2020 17h43
Por: Sidney Silva
Fonte: Jornal da Paraiba
171

Segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), João Pessoa recebeu quase 40 milímetros de chuvas apenas nas primeiras horas desta quinta-feira (13).  O montante é maior do que o registrado em todo o mês de janeiro, que foi de 25,1 milímetros. A cidade é uma das quatro que mais registraram chuvas nesta quinta, ficando atrás apenas de Cruz do Espírito Santo, com 81,1 milímetros, Alhandra, com 58,0 milímetros e Pedras de Fogo, com 56,4 milímetros. 

Até então, a capital paraibana estava registrando volumes considerados baixos em comparação ao acumulado em anos anteriores, como por exemplo, no ano passado, quando foi a cidade campeã em volumes de chuvas em todo o estado. Só em 2019 foram registrados cerca de 2.117,0 milímetros somente em uma das estações de monitoramento da cidade, a estação DFAARA.

De acordo com Marle Bandeira, meteorologista da Aesa, a previsão é de que João Pessoa receba até 100 milímetros de chuvas durante o mês de fevereiro de 2020. Em janeiro, a capital registrou apenas 29,5 milímetros dos 80,1 milímetros previstos para o mês inteiro. Isso acontece, ainda de acordo com Marle Bandeira, pela localização do sistema meteorológico que tem atuado na ocorrência de chuvas na Paraíba.

A previsão da Aesa para o primeiro trimestre de 2020 era de chuvas acima da média em toda a Paraíba, e por conta do alto volume de previsto e registrado já no primeiro mês do ano, açudes como o Epitácio Pessoa, que abastece Campina Grande e outras 18 cidades, apresentaram aumentos significativos em seus volumes, e rios como o Taperoá, um dos afluentes do Boqueirão, encheram.

Ainda no mês passado, de acordo com a Aesa, as cinco cidades paraibanas onde foram registrados os maiores volumes de chuvas entre os dias 1º de janeiro e 1º de fevereiro estão localizadas no Sertão, Alto Sertão e no Cariri do estado. São elas:

Cajazeiras: 344,1 milímetros
Emas: 314,4 milímetros
Mãe D’Água: 306,2 milímetros
São João do Cariri: 288,8 milímetros
Teixeira: 276,2 milímetros
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.